Blockorion

Brasileiro compra R$ 100 em Bitcoin todos os meses

O brasileiro Huberto Leal criou um projeto de compra de Bitcoin com doação mensal de R $ 100,00. Sua primeira aquisição foi em outubro de 2019, e 23 aquisições já foram feitas no mercado desde então. A história foi complicada no início, pois ele conheceu o Bitcoin no final de 2017. Na época, ele participou de um debate com Fernando Ulrich, onde ouviu falar pela primeira vez da moeda digital da Internet. O preço do Bitcoin no mercado atingiu um recorde e despencou rapidamente. O primeiro investimento de Huberto foi feito durante um período não tão legal, mas ele insistiu em aprender mais sobre os fundamentos das moedas. Depois de estudar muito, Huberto descobriu oportunidades de mercado durante o período mais longo de retração do mercado conhecido como o “inverno criptográfico”.

Compre com Bitcoin todos os dias R $ 100,00 10 Entre as transações de mercado malsucedidas e o investimento em plataformas de receita, a Huberto começou a vacilar. No entanto, ao ler sua experiência no mercado, ele descobriu que se ele apenas comprar e manter seu Bitcoin, terá um lucro considerável no mercado. Para isso, ele criou uma planilha para registrar suas contribuições e estabeleceu como meta a compra de R $ 100,00 no dia 10 de cada mês. Este valor de símbolo é selecionado aleatoriamente para garantir o diálogo entre investidores e Livecoins, mas a data não é muito.

Ao compartilhar sua planilha com os amigos, descobriu que a maioria das pessoas recebia seu salário no dia 10 e poderia comprá-la no mesmo dia. O objetivo de estabelecer marcos de compra é importante para sua estratégia, disse Huberto, ele nem olha o preço do dia, ele apenas compra. “Essa estratégia me livra de me preocupar com os gráficos e o preço do Bitcoin e me permite fazer outras coisas livremente”

Nesta terça-feira (10), por exemplo, ele fez seu aporte de número 23, contando então com uma valorização de mercado de 281% desde o início. Se aporte total foi de R$ 2.300,00 até hoje, mas devido a alta do Bitcoin, ele já tem R$ 8.798,59. Seu experimento recebeu o nome de “Projeto Hold BTC 100“.

tabela bitcoin

Hoje o projeto de hold do brasileiro é aberto para o mercado, que pode obter uma cópia da planilha no Google Drive e começar a fazer suas compras. No entanto, o entusiasta brasileiro lembra que a compra pode ser feita quando as pessoas quiserem, não necessariamente no dia 10 e nem de R$ 100,00.

Muitos que baixaram a planilha já registraram até mais de uma compra por mês, lembrou Leal.

“Me descobri mais libertário do que imaginava e um maximalista convicto”

Sem a necessidade de dedicar seu tempo para gráficos e operações arriscadas no mercado, Huberto Leal garante que está cada vez mais feliz por conhecer o Bitcoin. Aproveitando parte do seu tempo para conhecer os fundamentos da moeda digital, ele afirma que aprendeu muito e isso o dá confiança para manter seu projeto por mais tempo.

Após conhecer a filosofia do Bitcoin, o brasileiro afirma até que se descobriu mais libertário do que imaginava, além de se ver como um maximalista holder convicto, ao compreender mais desse mercado.

“Me apaixonei pelo Bitcoin, pelos fundamentos todos, me descobri um cara mais libertário do que eu imaginava, me descobri um cara que quer defender as liberdades e a neutralidade da rede do Bitcoin. Me considero um holder maximalista hoje”.

Em parceria com a KriptoBR, ele acabou criando a carteira Kripto Steel, uma cold wallet de metal, produto que afirma ser fruto de seu entusiasmo com o mercado. Além disso, ele está criando uma escola sobre fundamentos de Bitcoin, chamada “Incripta Educação”, em parceria com Cátia Azenha e Matheus Braga, outros entusiastas brasileiros.

Como parte de seus empreendimentos com Bitcoin, ele é sócio da loja NiceBuy, que vende vários produtos e aceita a criptomoeda como pagamento.

Por fim, ele tem uma parte de filantropia com Bitcoin em seu projeto, destinando doações para entidades como a APAE de São Bento do Sul, feita em dezembro de 2020.

Planilha também para sua filha, que já é uma holder de Bitcoin kids

Após ver o sucesso de seu experimento de hold de Bitcoin pessoal, o brasileiro viu a necessidade de criar um investimento também para sua filha.

Assim, ele comprou R$ 500,00, entre janeiro e abril de 2021, colocados em uma carteira segura como poupança. Hoje, mesmo após as recentes quedas do BTC, seu experimento mirim já retorna mais que a poupança brasileira.

Projeto-Hold-de-Bitcoin-para-sua-filha-supera-poupanca
0
YOUR CART
  • No products in the cart.