Blockorion

Empresa de Jack Dorsey está construíndo um sistema de mineração de Bitcoin aberto

A Block Inc (NYSE:SQ) (SA:S2QU34), uma popular empresa de pagamentos, anteriormente conhecida como Square, está trabalhando no desenvolvimento da mineração de Bitcoin, conforme confirmado pelo CEO Jack Dorsey no Twitter.

O gerente geral de hardware da Block, Thomas Templeton, afirmou que a empresa estava contratando uma equipe em um esforço para tornar a mineração “mais distribuída e eficiente em todos os sentidos, desde a compra, configuração, manutenção e mineração”.

“Estamos interessados ​​porque a mineração vai muito além da criação de novos Bitcoins. Vemos isso como uma necessidade de longo prazo para um futuro totalmente descentralizado e sem permissão”.

“Estamos construindo oficialmente um sistema de mineração de bitcoin aberto”. – Afirmou Jack Dorsey.

Mineração de Bitcoin

Em outubro, Dorsey afirmou que a sua empresa estava considerando construir um sistema de mineração Bitcoin “baseado em silício personalizado e código aberto para indivíduos e empresas em todo o mundo”.

A Block quer tornar a mineração de Bitcoin acessível a qualquer pessoa de suas casas. O novo sistema visa resolver problemas de acesso ao hardware de mineração, confiabilidade, ruído e problemas de consumo de energia.

“Queremos tornar a mineração mais distribuída e eficiente em todos os sentidos, desde a compra, configuração, manutenção e mineração.” – Afirmou Templeton.

O executivo acrescentou que há uma série de “pontos problemáticos do cliente” e “desafios técnicos” a serem superados na comunidade de mineração.

Ele também afirmou que a empresa estava aberta a fazer um novo ASIC (circuitos integrados específicos de aplicativos), firmware de mineração de código aberto e outros softwares focados na atividade.

Os Estados Unidos se tornaram o maior centro global para a mineração de Bitcoin após o banimento da China no ano passado. Os EUA agora controlam boa parte da taxa de hash da rede Bitcoin, de acordo com a Universidade de Cambridge.

De acordo com seu mapa de mineração, os Estados Unidos respondem por 35,4% do poder global de hash.

Por Criptonizando