Blockorion

“Tesla deveria descartar bitcoin e recomprar ações”, diz analista da Goldman Sachs

O analista da Goldman Sachs, grupo financeiro multinacional, Gary Black, disse que a empresa automotiva, Tesla, deveria vender seus bitcoins (BTC) e recomprar suas ações.

Após a queda das ações da Tesla, o analista comentou que a empresa poderia vender uma parte de seus bitcoins em favor da recompra de suas ações. 

A empresa teve uma queda de 28% no preço das ações, depois que a fabricante de carros elétricos anunciou um investimento de US$1,5 bilhão em bitcoin.

O analista continua dizendo que a Tesla geraria mais interesse da esfera de gestão de fundos de US$8 trilhões ao anunciar uma recompra de ações, em vez de buscar investimentos em criptomoedas.

“Imagine o momento positivo para a $tesla se anunciassem a venda de seus #btc, e autorizar a $tesla em vez disso, recomprar suas ações. Altamente improvável, mas os acionistas apoiariam muito”.

 

Para Gary Black, a Tesla não deveria ter comprado US$1,5 bilhão em bitcoin, mas sim, ter deixado o suficiente para ter a possibilidade de recomprar suas ações e alavancar o preço da TSLA. 

De qualquer forma, após a compra dos bitcoins, a Tesla já garantiu 40% de lucro, segundo as informações divulgadas por Anthony Pompliano. O preço da criptomoeda está em US$48.898, no momento da escrita deste artigo, com uma queda de -3,29%.

As ações da MicroStrategy, também sofreram uma queda após a compra do BTC. De acordo com o Cryptoglobe, as ações caíram 50% em relação ao seu recorde histórico no início de fevereiro. A empresa anunciou um investimento adicional de US$15 milhões em BTC no início desta semana. 

A adoção institucional tem impulsionado ainda mais o mercado de criptomoedas. A rede social, Twitter, revelou que pretende seguir os passos da Tesla e investir em bitcoin. Segundo o diretor financeiro da plataforma, Ned Segal, a empresa está analisando a possibilidade de adicionar a criptomoeda ao balanço patrimonial. 

“Fizemos muitas reflexões iniciais para considerar como poderíamos pagar os funcionários caso eles pedissem para ser pagos em Bitcoin, como poderíamos pagar a um fornecedor se eles pedissem para serem pagos em BTC e se precisamos ter BTC em nosso balanço patrimonial.”, afirmou o diretor.

Outra empresa que também investiu em bitcoin recentemente foi a Square, liderada por Jack Dorsey, que comprou cerca de US$50 milhões em bitcoin no mês de outubro de 2020.